Dias de chuva


Sobre sabedoria

Protegei-me da sabedoria que não chora, da filosofia que não ri

e da grandeza que não se inclina perante as crianças.

___Khalil Gibran___



Escrito por Suely Carceles às 15:23
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Gota D´água

Jasão responde:


Você é viagem sem volta, Joana.
Agora eu vou te contar
Pra você, sem rancor, sem sacanagem,
Porque é que eu tinha que te abandonar.
Você tem uma ânsia, um apetite
Que me esgota.
Ninguém pode viver
Tendo que se empenhar até o limite
De suas forças: sempre pra fazer
Qualquer coisa.
É no amor, no trabalho,
É na conversa, você me exigia
Inteiro, intenso pra tudo caralho.
Tinha que olhar pro céu pra dar bom dia,
Tinha que incendiar cada abraço.
Tinha que calcular cada pequeno
Detalhe, cada gesto, cada passo,
Que um cafézinho pode ser veneno
E um copo de água, um copo de águarrás.
Só que Joana, a vida também é jogo,
É samba, é piada, é risada, é paz.
Para você não, Joana, você é fogo.
Está sempre atiçando essa fogueira,
Está sempre debruçada na quina da ribanceira
Sempre na véspera do fim do mundo
Pra você não há pausa, nada é lento,
Pra você tudo é hoje, agora ,já
Tudo é tudo, não há esquecimento
Não há descanso, nem a morte não há.
Pra você não existe dia santo.
E cada segundo parece eterno
Foi por isso que eu te amei tanto,
Porque Joana, você é um inferno.

Peça Gota D´agua

Chico Buarque e...




Escrito por Suely Carceles às 21:11
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Um VIVA as MAES!

A Mae que sou nasceu em mim quando tinha 21 anos, e é dessa perspectiva que faço meu caminho. Não sei como é não ser Mae,

não tive vida adulta sem filhos. E a Mae que sou tem o compromisso incansável de amar, acolher e cuidar. O instinto comanda minhas

ações com maestria mesmo quando erro. Sou no mínimo três porque ainda tenho muitos filhinhos de coração.....e coração de Mae é grande!

Entao eu sou solidaria, partidária e cúmplice de todas as Mães que assim como eu assumiram essa imensa responsabilidade, e conseguiram

que suas crias sejam pessoas dignas e capazes de fazer sua parte nesta existência. Mas compreendo tb aquelas que não conseguiram

ter sucesso...pois não é tarefa fácil...



Escrito por Suely Carceles às 15:20
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Meu caminho

A busca por uma saída, uma resposta, sempre me gera angustia e ansiedade, como se não fosse conseguir chegar em lugar nenhum.

É parte do caminho me perder para depois me achar, e é quando encontro o que buscava que tudo faz sentido, e então eu descanso aliviada

e agradecida pela minha própria determinacao. A alma sabe o caminho!

Suely Cárceles



Escrito por Suely Carceles às 15:19
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Viver com medo

Viver com medo, ninguém merece! Porém, é uma das mais frequentes experiências de nossa humanidade. 
Ninguém gosta, ninguém prefere, mas ao mesmo tempo circulam na alma coletiva intrincados mecanismos e formulações que incentivam o medo, munidos de argumentos moralistas que se arraigaram tanto que parecem inquestionáveis. 
Pois eu te digo, questiona tudo que te faça sentir medo, analisa com frieza esses bons conselhos revestidos de sensatez e que parecem conduzir à prudência, mas que na prática fazem que, quando colocas a cabeça no travesseiro para dormir, a angústia não o permita.
A evolução humana é feita de atitudes ousadas, que contrariam o que nesse momento pareceria sensato fazer. 
Viver com medo te deixa aquém do lugar que mereces ocupar, tu não mereces te dobrar ao medo.

Quiroga



Escrito por Suely Carceles às 11:30
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Thiago

...o senhor lá em cima sempre nos dá uma segunda chance, depende de nós cruzarmos o portal que nos interioriza

e mergulhar mais fundo naquilo que nos conecta as bendições divinas! Parabéns Pai, por mergulhar sem medo

no mais fundo de si próprio, e buscar lá no fundo a sua pérola da vida! Você é forte mano...você é o cara!!

#renascimento #curado #vivendocomosenhor#avidavaleapena #coragem #conquista #força#sanguenovo 

#obrigadosenhor #lifeisajourney#provacoesdavida #bencaos 



Escrito por Suely Carceles às 23:42
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Lara

Por que nem sempre o mar é manso
Nem sempre a terra é fértil
Nem as folhas são verdinhas
Nem mesmo rio sempre é cheio.
Por que não faz sol todo dia
Nem floresce a toda hora
E nem é lua cheia toda noite.
E que seja assim.
Por que o mar vira e mexe é turvo
A semente ora fica terra afundo
As folhas amarelam
O rio seca.
E há de a ver dias que a chuva cai
E o sol, portanto, sai
Chega hora que flor murcha
E lua mingua.
E que continue assim.
Pois a vida sempre se enfrenta
E tropeça, cai, levanta
E (nos) fortalece
E que nesse movimento, contínuo, gere um ritmo
Nosso ritmo
E nele voamos
Mergulhamos
E passamos
E que passemos por muitas coisas, sim
Mas que sempre passemos adiante
Por que passa
E passou.

(mas no final, como é bom um dia de sol quentinho, azul infinito, noticia boa, amor e um girassol)



Escrito por Suely Carceles às 23:41
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Oração

"Não me deixe rezar por proteção contra os
perigos, mas pelo destemor em enfrentá-los.
Não me deixe implorar pelo alívio da dor,
mas pela coragem de vencê-la.
Não me deixe procurar aliados na batalha
da vida, mas a minha própria força.
Não me deixe suplicar com temor aflito
para ser salvo, mas esperar paciência para
merecer a liberdade.
Não me permita ser covarde, sentindo sua
clemência apenas no meu êxito, mas me deixe
sentir a força de sua mão quando eu cair."

Rabindranath Tagore



Escrito por Suely Carceles às 11:16
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Humildade

Senhor, fazei com que eu aceite
minha pobreza tal como sempre foi.

Que não sinta o que não tenho.
Não lamente o que podia ter
e se perdeu por caminhos errados
e nunca mais voltou.

Dai, Senhor, que minha humildade
seja como a chuva desejada
caindo mansa,
longa noite escura
numa terra sedenta
e num telhado velho.

Que eu possa agradecer a Vós,
minha cama estreita,
minhas coisinhas pobres,
minha casa de chão,
pedras e tábuas remontadas.
E ter sempre um feixe de lenha
debaixo do meu fogão de taipa,
e acender, eu mesma,
o fogo alegre da minha casa
na manhã de um novo dia que começa.”

Cora Coralina



Escrito por Suely Carceles às 11:18
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Ser Vaidade

Sobre ser apenas externo

e me inventar, me construir , me mascarar

e ser apenas espelho

e me admirar, me exibir, me ostentar

 

Sobre ser para terceiros

e moldar meus pensamentos

maquiar minha aparencia

adequar meus gostos - para ser melhor que outros

e esconder minhas fraquezas

e, na franqueza, ser inteiro qualidades

 

Sobre ser o impossivel

e me gabar, me engrandecer, me enganar

pois sou vaidade e não pessoa

e caminho aos passos tortos

e encho meu peito de vazio

e me esvazio ainda mais

 

Sobre - entao - não ser

por me perder nos quereres de ser o que não sou

acabo como uma teia que se desfaz a cada chuva

o meu chorar desfaz meu ser

e fui em vão

 

Lara Cárceles Santos



Escrito por Suely Carceles às 13:54
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
Meu perfil


BRASIL, Sudeste, Mulher



Histórico


    Outros sites
     Meu Blog - Su.ensaios
     Minhas Fotos
     Meus Videos